Archive for dezembro \26\UTC 2011

Hockey Hall of Fame

Quando fui para o Canadá sofri uma certa pressão para conhecer museus e locais que iriam me enriquecer culturalmente. Fui ao Royal Ontario Museum, ao Art Gallery of Ontario e ao Ontario Science Centre. Mas o que me interessava mesmo era o museu que tinha pertinho do curso. Tão perto que… eu me perdi. Pensando que se eu fosse turista no Rio de Janeiro certamente visitaria o Maracanã (bem, não em obras, né…) o museu do hockey parecia apropriado.

Logo de cara há uma estátua onde parece a entrada, por isso a confusão. Eu ia da York street, bastava virar à esquerda e era logo na segunda rua, a Yonge street. Enfim, pelo que lembro a entrada era de um outro lado pelo BCE Place, uma espécie de galeria/complexo comercial com visual de tirar o fôlego.

Finalmente encontrei a entrada para o museu. Você pode passar na gift shop antes ou depois, dá pra gastar um dinheiro por lá, é bem caro. Um puck do Maple Leafs custava 15 dólares! Achei uma solução mais justa uns dias depois: comprei um puck por 0.99 cents na Sportscheck e uma cartela de adesivos dos Maple Leafs por 4 dólares, voilá!

Finalmente lá dentro consegui ter um pouco da noção da dimensão do esporte para os canadenses. Primeiro você segue uma sequência histórica que, mesmo vindo de um país onde o hockey é inexistente não se entende muito bem, dá pra ler e entender um pouco do esporte e da famosa Stanley Cup. Tem também uma reconstituição de um vestiário do Montreal Canadiens com uniformes, acessórios de proteção etc.

Uma das partes mais bacanas era a área chamada de Broadcast zone. Com um painel de vídeos você monta eles como se estivesse televisionando ao vivo. Basta clicar na tela e escolher as imagens que deseja transmitir fingir que transmite. Entretenimento não falta ali. Tem Playstation, uma espécie de totó de hockey, quis pra testar os conhecimentos do esporte além do prato principal: a Player zone. Num falso ringue você pode tanto “chutar” a gol quanto defender. Parecia bem divertido, mas não me arrisquei. Tinha fila.

Como nas Olimpíadas de Inverno de 2010 o Canadá ganhou dos EUA numa final emocionante no hockey, foi criado uma área especial para relembrar o feito no museu. Nesse Esso theatre passava momentos da partida enquanto o puck da vitória ficava exposto para os visitantes.

Recomendo muito essa visita, principalmente porque acredito que nós brasileiros agimos como se o futebol fosse o centro do mundo. Vale à pena conhecer outras culturas, outros esportes, outras paixões.

Anúncios